O que é o Caotize-se?

O intuito desse site não é apenas oferecer uma lista de Servos Públicos ou um sistema bacana de Divinação On-Line, a ideia do Caotize-se é se tornar um sistema mágico baseado na filosofia da Magia do Caos. A proposta é ser um sistema laico, ou seja, não vai focar em nenhum religião, entidade ou egrégora.

Por quê? Acreditamos que para usufruir melhor de todos os paradigmas mágicos vigentes precisamos primeiramente nos despir de nossas crenças limitantes, principalmente dentro da perspectiva moral judaico/cristã. Portanto o descondicionamento é essencial, para que então possamos usar a fé de acordo com nossos propósitos em vez de sermos usados por doutrinas, dogmas ou entidades.

Mas como é possível falar de magia sem levar em conta o sobrenatural?

A ideia de que a magia é sobrenatural é apenas um dos paradigmas vigentes, é possível fazer magia sem acreditar em absolutamente nada de metafísica. Não que não devamos utilizar paradigmas vigentes ou egrégoras, mas esses serão vistos apenas do ponto de vista psicológico e não metafísico. São ferramentas, não entidades sobrenaturais.

Dessa forma o sistema ficará livre de qualquer doutrina, dogma ou paradigma. Portanto qualquer pessoa pode utilizá-lo, desde o mais ateísta ao mais fanático religioso (muito embora esse último terá muito mais dificuldade principalmente na desconstrução). Acreditamos que o que importa de verdade é a nossa fé, e essa fé pode ser direcionada para qualquer ideia ou a nós mesmos.

Passo a passo para a magia

Hoje existem inúmeros textos e livros sobre a Magia do Caos, no entanto aqueles que não tem conhecimento sobre magia em geral acabam ficando perdidos. Mas é possível fazer magia imediatamente após conhecer a Magia do Caos, aqui mesmo no site tem o sistema de conexão com Servos Astrais, ou seja, basta escolher e meditar com o sigilo e pronto.

Ou seja, para quem quer fazer magia tem muito conteúdo na internet, muita ferramenta pronta, basta pegar e usar. A proposta da Caotize-se vai além, vamos criar um caminho para aquele que quer se tornar um Magista, aquele que quer entender como a magia funciona, aquele que não vai ficar em grupos pedindo ajuda para fazer banimento, mas sim terá o conhecimento e habilidade para criar seus próprios rituais do mais simples ao mais complexo, ou sequer precisará de rituais.

Mas o que significa se tornar um Magista?

Como disse, acima, qualquer um hoje pode fazer magia, basta pegar algo que está pronto e utilizar, os Servos Públicos encontrados aqui são um exemplo, estão ai para serem usados por qualquer pessoa, mesmo que não tenha absolutamente nenhum conhecimento. Mas se você apenas usa algo pronto você não é um “magista de verdade”. Claro que pode se considerar mago, bruxo, feiticeiro, cada um pode se considerar o que quiser. Mas deixarei aqui a expressão “magista”, apenas como forma de separar o “mago usuário” do “mago criador”.

Farei uma analogia simples sobre essa diferença. Você nesse momento está usando a internet, certo? Consegue ir no google, buscar o que precisa, abrir sites, etc. Mas você é apenas um usuário. Os verdadeiros magos no mundo virtual são os programadores (e se você é programador, parabéns!). Ou seja, usar magia é muito fácil, assim como é fácil usar a internet, mas criar magia já é outra história.

Também não é difícil entender o mecanismo da magia, assim como não é muito difícil aprender uma linguagem de programação, mas uma coisa é o entendimento, outra é o desenvolvimento de algorítimos, a criação de um framework do zero ou mesmo criar um novo modelo de linguagem de programação.

Então a proposta do Caotize-se não é só aprender a utilizar a magia, mas sim entendê-la profundamente a ponto de ter o conhecimento para criar seu próprio sistema mágico do zero.

Por onde começamos?

Então começaremos do começo, mas do começo mesmo. Darei uma pinceladas nas ferramentas mais populares de hoje, como Diário Mágico, meditação, sigilos e servidores, depois entraremos de cabeça no estudo sobre si mesmo, no conhecimento do ser humano em geral e do ser humano em sociedade.

A desconstrução é parte mais difícil (e muitas vezes dolorosa) pois mexe profundamente com nossas crenças, principalmente as crenças sobre o que achamos que sabemos e entendemos sobre nós mesmos. Mas a desconstrução é essencial para trilhar esse caminho, pois nós somos infectados desde o nosso nascimento com inúmeras crenças limitantes. Temos que destruir todas elas e no caminho nos destruir completamente, e depois começar a criar um novo “Eu” de forma consciente.

Se quiser trilhar esse caminho vem comigo, vamos fazer a magia acontecer!