Então você quer se tornar um magista de verdade. Ótimo! Vamos começar do começo. A principal ferramenta para qualquer um que esteja querendo evoluir na prática da magia é o Diário Mágico, conhecido também como Grimório ou Livro das Sombras. Para além de um livro de anotações sobre as práticas mágicas o diário deve servir como um HD externo, é nele que você vai guardar todas as memórias possíveis sobre sua própria vida, seja sobre magia ou não. Embora muitos magos gostem da ideia de ter um grimório físico e bonitão, com aparência envelhecida isso não é necessário, um blog privado no blogspot tem sido meu diário há mais de 10 anos e é muitíssimo prático pois tem um sistema de busca, além de ter o sistema de tags, fazendo com que qualquer informação seja facilmente localizada. Mas você pode usar absolutamente qualquer meio para manter seu diário, o que importa não é o meio, mas sim escrever diariamente.

O que escrever no seu Diário Mágico?

O ideal é escrever absolutamente tudo que acontece em sua vida. Sim, assim como um diário comum. Essa não é uma tarefa fácil e você precisa criar uma rotina e separar um tempo para escrever todos os dias. Muitas vezes você vai pensar que não aconteceu nada de interessante no dia, mas mesmo assim escreva, a prática é importante. Em geral eu tiro de uma a duas horas do dia para escrever, pode parecer muito, mas nós gastamos esse tempo de formas muito mais inúteis com joguinhos, televisão ou redes sociais, para criar mais tempo na sua vida você deve se desvincular desse excesso de distrações. Se precisa de motivação pra isso leia esse texto sobre Como criar tempo para mudar sua vida.

Pequena Biografia

Se você nunca teve um diário antes comece fazendo uma pequena biografia da sua vida. Quanto mais detalhada melhor. Com o tempo você vai começar a lembrar melhor de situações do passado, então continue anotando, escreva todo tipo de memória do passado que aparecer na sua mente. É essencial que tenhamos a nossa própria história bem vívida em nossa mente, isso nos faz aprender com os nossos erros do passado e a não repeti-los.

Então inicie com uma biografia básica e com o tempo vá anotando mais histórias sobre sua vida conforme as lembranças aparecerem.

Anotação de sonhos

Talvez não faça sentido para você agora, mas ao longo desse caminho você perceberá a importância de anotar os sonhos, mas enquanto não chegamos nessa parte foque em pelo menos anotar os seus sonhos todos os dias. Preferencialmente anote assim que acordar para que ele não se perca. Lembre-se que todos nós sonhamos todos os dias, embora muitas pessoas não lembrem dos sonhos. Então se você não lembra, não tem problema, mas se algum dia lembrar de um sonho que teve anote imediatamente. Quanto mais vezes vocês anotar seus sonhos, mais você vai conseguir lembrar deles até que consiga lembrar todos os dias. Uma técnica para quem não lembra muito de sonhos é dormir entoando o mantra “lembrarei de meus sonhos”.

Grimório diário mágicoA anotação de sonhos também é um ótimo exercício para a memória, além de ser parte do treinamento para sonhos lúcidos. Com o tempo você também vai aprender a decifrar seus sonhos, pois eles dizem muito sobre como nós somos, sobre nossos medos, nossos desejos e muito mais. Eles são uma ferramenta poderosa para que possamos trilhar o caminho do auto conhecimento. Então junto com a anotação dos sonhos tente decifrá-los, tende dar significado a eles, e não se atenha aos símbolos, foque principalmente nos sentimentos durante o sonho.

Rotina diária

Todos nós temos alguma rotina no dia a dia, acordamos no mesmo horário, vamos estudar ou trabalhar, conversamos e encontramos com as mesmas pessoas, rolamos timeline de redes sociais, lemos sobre os mesmo assuntos, etc. Anote tudo, mesmo que seja uma eterna repetição. Muitas vezes ficamos presos nesse looping da rotina e vivemos de forma completamente automática, nem vemos o tempo passar e sempre temos a sensação de que estamos perdendo uma fase valiosa de nossa vida. Ao escrever todo dia sua percepção muda, você passa a aproveitar melhor o seu tempo pois passa a tomar consciência dele.

Para além da rotina anote o que aconteceu de diferente em seu dia, leu um texto interessante? Anote e coloque o link. Encontrou uma pessoa que não encontra há algum tempo? Descreva como foi seu encontro. Anote seus sentimentos, está angustiado, ansioso, triste, feliz? Anote e disseque esse sentimento, procure saber de onde ele vem, entenda seus sentimentos em profundidade. Também anote seus planos futuros, não é sempre que ficamos pensando no futuro, mas se você teve algum devaneios sobre como gostaria que seu vida fosse, fale sobre ele, descreva formas de conseguir atingir objetivos, isso é magia.

Magia Prática no seu Livro das Sombras

E, obviamente, você deve anotar qualquer tipo de magia que fizer no dia. Não só as magias ritualísticas, se você está conscientemente fazendo uma visualização para alcançar algum intento, então anote sobre essa visualizações também. Usou um servo público? anote como foi a experiencia. Desenhou um sigilo? Anote. Para anotar os rituais de magia veremos aqui umas dicas que Aleister Crowley escreveu em seu Líber E vel exercitiorum:

  1. É absolutamente necessário que todos os experimentos sejam anotados detalhadamente, durante ou imediatamente após a sua realização.
  2. É muito importante anotar as condições físicas e mentais do(s) experimentador(es).
  3. A hora e o lugar de todos os experimentos devem ser anotados; também o estado do tempo e, em geral, todas as condições que poderiam ter alguma influência sobre os resultados dos experimentos, quer colaborando ou causando diretamente o resultado, quer o inibindo, ou como fontes de erro.
  4. Nesse estágio não é necessário que declaremos por completo o propósito de nossas pesquisas; nem seria este compreendido por aqueles que não se tornaram peritos nestes cursos elementares.
  5. Ao experimentador se aconselha que use sua própria inteligência, e não confie em qualquer outra pessoa, embora distinta, mesmo entre nós mesmos.
  6. O registro escrito dos experimentos deve ser feito de forma inteligível, para que outros possam se beneficiar de seu estudo.
  7. Quanto mais científico for o relatório, melhor. Contudo, as emoções devem ser anotadas, sendo parte das condições gerais. Que, então, o registro seja escrito com sinceridade e cuidado; com a prática, ele se aproximará cada vez mais do ideal.

Detalhes são importantes, quanto mais detalhes você anotar, mais você conseguirá lembrar e analisar. A parte sobre anotar seu estado mental é de suma importância, descreva os sentimentos que você tem no momento do ritual para que depois possa analisar o máximo de variáveis que for possível. Não se esqueçam de colocar data e hora, e para aqueles que seguem calendário lunar ou planetário sugiro anotar também dia da semana, fase da lua e influência de planetas e constelações.

Vários Diários?

Exemplo de Diário Mágico no blogspot

Caso você pratique magia diariamente, ou esteja anotando sonhos todos os dias, ou tenha projetos (mágicos ou não) de longa duração, faça mais de um diário. Normalmente eu tenho um para a rotina diária e outro para sonhos e magia. Como não há limite para escrever em diários on-line você pode criar quantos quiser. Caso queira ter um grimório físico só para a magia, o faça, mas mantenha também um diário de rotina.

Escreva corretamente

Aqui um adento importante. Para além de tudo que foi escrito acima, escreva corretamente de forma que qualquer pessoa consiga ler e entender. O diário é pessoal e você não precisa mostra-lo para ninguém, mas é muito importante que ele seja legível e bem escrito pois, além de ser mais fácil para seu “eu futuro” compreendê-lo quando você reler sobre algum momento de sua vida, você estará treinando também uma das melhores formas de magia: a comunicação. Então foque em uma escrita correta, tanto gramaticalmente quanto à coerência. No começo provavelmente você vai jogar pensamentos soltos, não tem problema, mas com o tempo passe a escrever da forma mais correta possível, como se estivesse treinando redação, isso será importante para qualquer área de sua vida.

Memória é magia

Costumo dizer que estar “desperto” é lembrar, é ter memória de si, de seus atos, de seus sentimentos, de suas ações. Manter o diário já é em si uma forma de magia pois você vai aprender todos os dias consigo mesmo, aprender sobre como você funciona e como pode evoluir, como pode quebrar loopings, como pode parar de repetir os mesmos erros e assim manter um caminho diário de evolução.

Manter um diário te coloca no tempo presente

Tal qual a meditação, o diário é uma ótima ferramenta para te manter no momento presente, afinal ele nos tira do modo automático e passamos a pensar mais em nossas ações do dia a dia. Além disso você perceberá que começará a usar o tempo de forma mais útil, afinal você vai analisar e até se irritar com o tanto de tempo que você perde com coisas inúteis e começará a ser mais produtivo.

Releia seu diário de tempos em tempos

Essa é uma prática muitíssimo importante. Seu diário serve como memória então você não pode apenas deixar ele lá parado e nunca usufruir dessa memória. Pelo contrário, conforme ele for crescendo ele terá acumulado muita informação sobre você, então é importante reler algumas partes de sua vida a qual já não se lembra mais. E não é só para “lembrar”, reler épocas específicas pode te ajudar a tomar decisões hoje. Se está em dúvida sobre seu relacionamento, leia sobre relacionamentos antigos, se está triste leia sobre como superou uma fase depressiva no passado. Muitas vezes nossas as respostas que procuramos hoje já foram respondidas no passado, basta que a gente procure. Com o tempo você perceberá que vai absorver melhor do conhecimento empírico e teórico que adquiriu durante sua vida.

E mais uma vez: Escreva todos os dias

Quanto mais você escrever, mais você tende a escrever, mas no começo vai parecer difícil, afinal você não tem muita prática, mesmo assim se force a escrever todos os dias, mesmo que apenas uma frase, caso contrário você vai acabar deixando essa prática para lá e deixando de lado uma ferramenta poderosa de auto conhecimento. Se algum dia realmente não der para escrever, escreva de forma retroativa, mas escreva sempre.

O diário é uma das ferramentas mais poderosas de um magista e com o tempo e prática você entenderá de forma mais prática o quanto ele pode ser útil.

Boa sorte!