O Raio Gnóstico

Objetivo:

O Raio Gnóstico é uma modificação do, e pode ser utilizado conjuntamente com, Ritual Gnóstico do Pentagrama. Seu objetivo é imbuir motivação e impulso aos participantes, enquanto expulsam influências indesejáveis ao mesmo tempo. Ele é altamente recomendado para a abertura de um templo, e como uma preliminar à outros trabalhos, mas não é recomendado para objetivos de cura.

Descrição:

1 – Inspire. Comece acima dos ombros, imagine a primeira ponta do Raio. Simultaneamente, visualize uma esfera azul brilhante entre seus olhos, e emitindo um facho de luz à ponta do Raio. Entoe “Iiiiiiiii….” em um alto tom de voz até seus pulmões esvaziarem.

2 – Inspire. Trace uma linha reta de um ombro ao ombro oposto. Visualize uma esfera brilhante amarela em sua garganta, emitindo uma facho de luz à segunda ponta do Raio. Entoe “Eeeeeee…” em um tom ligeiramente mais baixo.

3 – Inspire. Trace uma segunda linha, novamente como se desenhasse um pentagrama. Visualize uma esfera vermelha no centro do peito, e emitindo sua luz à terceira ponta. Entoe “Aaaaa…” em um tom mais baixo do que as entoações anteriores.

4 – Inspire. Trace uma terceira linha. Visualize uma esfera púrpura na área genital, emitindo sua luz à quarta ponta. Entoe “Ohhhhhh…..” em um tom mais baixo.

5 – Inspire. Trace uma quarta linha. Visualize uma esfera verde cercando seus pés e desaparecendo no solo, e emitindo seu facho à quinta ponta. Entoe “Oooooo….”.

6 – Não trace a linha final do pentagrama! Ao invés disso, fique completamente quieto e prenda sua respiração o máximo que puder. Concentre sua atenção fixamente no som de seu sangue correndo por suas artérias carótidas. Saiba que os estrondos que você ouve são as eternas explosões do Raio. Você é parte do Raio, movendo-se eterna e descuidadamente adiante.

7 – Mantenha a imagem e o som em sua mente enquanto prende a respiração. Quando você finalmente respirar, sinta o Raio fragmentar-se com um tremendo bramido e enviando fagulhas incandescentes e brilhantes com luz octarina em e através de você.

8 – Repita os sete passos acima, desenhando os raios ao seu redor para criar uma forma tri-dimensional de armadura que você veste.

9 – Declare seu intento, por ex. “Nós queremos que nunca terminemos onde começamos.”

Técnicas empregadas:

Controle respiratório, concentração sonora, concentração mental, entoação sonora.



Últimos Vídeos do Canal



Últimos Posts no Blog

Ritual Caótico do Choque de Egrégoras

Ritual Caótico do Choque de Egrégoras

O Ritual Caótico do Choque de Egrégora é essencialmente um Ritual de Assunção Forma-Deus, embora possa ser utilizado para qualquer fim que o operador quiser. O "Choque de Egrégora" no nome foi colocado para desmistificar a ideia de que egrégoras diferentes não podem trabalhar juntas, portanto o ritual não é para chocar engrégoras e sim para fazê-las trabalhar em sinergia para um mesmo propósito.
O que são Servos Astrais?

O que são Servos Astrais?

Servos Astrais podem ter os mais diversos conceitos dependendo do sistema, paradigma ou crença que você utilize. Na filosofia da Magia do Caos é convencionado que Servos Astrais são Formas-Pensamento. Diferente dos Sigilos que são apenas a representação de um intento (intenção, desejo), os Servos Astrais são representações de Habilidades, Características ou Arquétipos. Formas-Pensamentos são literalmente pensamentos que tomaram forma. Os pensamentos em […]
Contrato com Servos Astrais

Contrato com Servos Astrais

Muitas pessoas tem dúvidas sobre o tal “contrato” de ativação de servidores, mas rola uma confusão sobre a questão. O contrato do servidor é simplesmente a ficha do servidor, ou seja, ao criar o servo astral você faz o “contrato” que basicamente é a descrição das características do servidor e da forma como ele deve funcionar. No entanto […]
Ensaio sobre o EGO

Ensaio sobre o EGO

Dissecando o mecanismo do ego, para deixar de ser escravo desse mecanismo
Como criar um Servo Astral

Como criar um Servo Astral

Passo a passo de criação de um Servo Astral com seus requisitos essenciais e opcionais.


Últimos Textos da Biblioteca

A Origem do Satanismo na Maçonaria – PDF

A Origem do Satanismo na Maçonaria – PDF

Autor: Arthur Edward Waite Baixar A Origem do Satanismo na Maçonaria em PDF
A Difícil Missão de ser Ambidestro

A Difícil Missão de ser Ambidestro

A ideia de Mão Esquerda e Mão Direita vem do Vāmācāra Tantra (Tantra da Mão Esquerda) e do Kaulācāra Tantra (Tantra da Mão Direita); a primeira, diz respeito a deificar o que é comumente visto como demoníaco: “(...) comeis ricas comidas e bebeis vinhos doces e vinhos que espumam! Também, tomai vossa fartura e vontade de amor como quiserdes, quando, onde e com quem quiserdes!”; ou, como diria Menudo: “Não se reprima!”.
Anjos Fósseis – Alan Moore

Anjos Fósseis – Alan Moore

Fossil Angels é uma espécie de “ensaio-manifesto” que trata basicamente do estado da magia e espiritualidade no mundo atual, onde Alan traz críticas ácidas e contundentes a todos os demais magos e místicos, juntamente com conselhos preciosos e um otimismo implícito em relação a um possível futuro mais pleno de espiritualidade, tudo permeado com a mais fina ironia, numa linguagem por vezes rude e brutal, por vezes impregnada do bom humor britânico.
Manual da Baderna Mágicka – Magickando

Manual da Baderna Mágicka – Magickando

Manual da Baderna Mágicka é um manual prático de magia ativista feita pela galera do Magickando
Santos SÃO Servidores

Santos SÃO Servidores

Os santos católicos, assim como as entidades da Umbanda, são servidores.