Introdução

Como vimos a prática do Diário Mágico é essencial e praticamente todas as ordens mágicas o recomendam. Outra prática diária que também tem importância unanime é a prática da meditação. Embora a origem da meditação normalmente esteja ligada a cultura oriental, a meditação sempre esteve no cerne de qualquer sistema mágico, não necessariamente com o mesmo contexto, mas na prática funciona da mesma forma. A oração, por exemplo, é o modelo de “meditação” de religiões que se baseiam em deuses, assim como a conversa com o animal interior pode ser considerada como uma meditação xamânica.

O mais importante é que não há motivo para você não meditar todos os dias, pelo contrário, inúmeras pesquisas comprovam que a meditação é completamente benéfica, com vantagens que vão desde o combate a ansiedade a cura de doenças.

Benefícios da Meditação

Existem inúmeros benefícios práticos da meditação para o dia a dia, aqui citarei apenas alguns:

  • Melhora a qualidade do sono.
  • Diminui os sintomas de depressão, ou até mesmo acaba com ela.
  • Melhora a saúde mental.
  • Diminui sua ansiedade e ajuda a controlar a síndrome do pânico.
  • Melhora sua capacidade de atenção.
  • Diminui o estresse.
  • Ajuda no controle de pensamentos e emoções.
  • Aumenta a capacidade de processamento do cérebro.
  • Reduz ou elimina dores, principalmente enxaquecas.
  • Aumenta a criatividade.

E muito mais. Não é atoa que a pratica da meditação está cada vez mais popular, qualquer pessoa que comece a praticar vê a diferença imediatamente. Está mais do que provado quais são os benefícios da meditação para a saúde, então vamos ver qual é o benefício da meditação para a magia.

Mas o que meditar tem a ver com magia? Tudo!

Devemos lembrar que o que vamos fazer aqui não é um curso dinâmico de como usar servos públicos, mas sim como se tornar um magista de verdade e antes de começar a moldar a realidade a primeira coisa que temos que aprender a moldar a nós mesmos.

Todos vocês já devem ter percebidos o quanto somos instáveis emocionalmente. Para o bem ou para o mal as nossas emoções moldam a forma como vemos a realidade. Não é recomendável fazer magia estando completamente imerso em sentimentos, pois assim não teremos o controle real da magia. Portanto temos que fazer um longo trabalho interno para adquirir o controle de nossa mente.

A meditação é uma ótima ferramenta para que adquiramos o controle interno necessário para fazer a magia acontecer da melhor forma possível. A meditação é um processo de treinamento que nos ajuda a perceber a tendência da mente de reagir a tudo o que é externo. Com a prática, a mente começa a se purificar e se torna mais tranquila.

Meditar desfragmenta sua mente

Apesar de nem sempre estarmos cientes disso, todos nós já percebemos o quanto somos facilmente distraídos por absolutamente qualquer coisa. Começamos uma linha de raciocínio e do nada mudamos completamente o foco, temos dificuldade de nos concentrar, esquecemos de muita coisa, etc.

A meditação ajuda a “desfragmentar” sua mente, ou seja, vai juntando as peças em um mecanismo mais coerente e harmônico. Com o tempo você passa a ter uma memória melhor, consegue a controlar melhor seus sentimentos e, principalmente, sua reação emocional, além de melhorar em muito sua concentração.

Não consegue meditar?

Muita gente reclama que não consegue meditar por N fatores, e a maioria desses fatores tem a ver com algum tipo de instabilidade emocional. Em geral as pessoas que não conseguem meditar são exatamente as que mais precisam meditar.

Uma técnica bastante simples para começar a se acalmar, é a técnica de procurar se “distrair” menos. Um dos grandes problemas que temos nos dias atuais é a quantidade de distração que nos envolve. Estamos o tempo todo em frente ao computador ou com um celular na mão, então tendemos a ficar buscando interminavelmente por informação, seja de qual qualidade for, pois essa busca disforme infelizmente não tem a ver com busca por conhecimento, é apenas uma forma de “distrair” o cérebro.

Comece de forma simples

Para aqueles que tem mais dificuldade de meditar comece da forma mais simples, mas você precisa se comprometer com isso.

Ouça música instrumental por meia hora sem fazer nada além disso.

Essa técnica é para ir preparando o cérebro para a meditação, então se tem muita dificuldade comece com essa técnica. Basta você separar um tempo, idealmente 30 minutos, para ouvir música instrumental sem fazer nada além disso. A música deve ser instrumental para que seu cérebro não caia na vontade de cantar, ou viajar nas memórias que a música trás. Então escolha uma boa playlist de música instrumental (no spotify tem inúmeras playlists de meditação) e foque em não fazer absolutamente nada que não seja ouvir a música.

Medite com Servos Astrais e sons binaurais

Aqui no site tem a ferramenta para “meditar com o sigilo” de todos os servos astrais listados. Então pode começar usando essa ferramenta unindo o útil ao agradável. Você pode meditar pensando em algum intento específico junto ao servo de sua preferência, ou usar servos que vão te ajudar a meditar.

Caso não tenha intento específico e só precisa de ajuda para meditar segue algumas sugestões:

The Balancer mostra-nos como manter nossas vidas equilibradas e em harmonia. Ela nos encoraja a manter todas as áreas da nossa vida em proporção igual.

The Contemplator nos mostra como acessar nossa mente subconsciente. Ele encoraja-nos a temporariamente deixar de pensar sobre nossos problemas para que a mente subconsciente possa encontrar uma solução.

The Idea nos mostra como sermos originais, inventivos e criativos. Isso nos encoraja a ver que estamos sempre cercados pela inspiração.

The Monk nos mostra como manter nossas vidas simples e sem complicações. Ele nos encoraja a passar mais tempo na meditação, introspecção e contemplação.

The Moon nos mostra o que está escondido na escuridão. Isso nos encoraja a reconhecer nossas auto-decepções, ao mesmo tempo em que estamos conscientes das mentiras dadas pelos outros e das ilusões gerais da vida.

The Sun nos mostra como brilhar em todas as áreas da nossa vida. Ele nos encoraja a perceber a magnitude de nossa própria energia, poder e resplendor.

Melíalpa serve para trazer melhora em momentos de aflição, nos acalma, trás equilíbrio, paz, auxílio na cura de problemas psicológicos como ansiedade, distimia e depressão.

Cladris é uma servidora que trás mudança para melhor. Efetua metamorfoses, reciclando tudo o que tem acumulado, seja bom ou ruim, interno ou externo.

Triz protege aqueles que a evocam, faz limpezas em ambientes (banimentos) e tira o operador de situações de perigo.

Aikendú é um servidor solar que representa a luz, o equilíbrio, a razão, a harmonia, a perfeição, a cura.

Escolha o que lhe agradar mais, o importante é praticar todos os dias. Lembrando que nesse caso, como o importante é meditar, você não precisa ficar o tempo todo olhando para a tela, mas é importante que você escute o i-Doser Alpha que vai tocar ao fundo, pois é um som binaural que vai te ajudar a entrar em estado meditativo.

Meditando com contagem de respiração

Essa é outra boa técnica para iniciantes. Todos sabemos que o grande problema da meditação é que nosso cérebro não para de trabalhar e fica rodando pensamentos de forma quase ininterrupta, portanto quando tentamos meditar temos que ficar lutando contra os pensamentos. O ideal é focar em outra coisa, como na sua respiração, por exemplo. Mas se ainda sim for difícil você pode iniciar com números.

Funciona da seguinte forma, fique em uma posição confortável (pode ser até deitado se quiser, desde que não durma), relaxe, respire fundo algumas vezes, se ajeite em sua posição até estar completamente tranquilo. Lembre-se de conferir se seus músculos estão relaxados, principalmente do ombro. Depois que se sentir relaxado comece a contagem iniciando do 100. E então vá contando cada expiração que fizer até chegar ao 0. Se você costuma ter visualizações de pensamentos, pode também visualizar os números na sua mente, como um painel de contagem regressiva.

Não é tão fácil quanto parece, inclusive você provavelmente se perderá em pensamentos no meio disso e perderá a contagem, mas tenha perseverança, pois a cada dia você vai conseguir aumentar a contagem até que consiga chegar no zero sem ser atrapalhado por pensamentos. Depois que estiver conseguindo fazer o ciclo completo, passe a fazer a contagem de 100 a 0 e depois conte até 100 novamente. Assim você terá meditado cerca de meia hora, que é o ideal.

Como afastar pensamentos?

A maior luta para quem está aprendendo a meditar são os pensamentos invasivos, a meditação é justamente controlar os pensamentos, então o ideal é tentar não pensar em absolutamente nada. O foco deve ser sempre a respiração, mas nos casos exemplificados acima essa atenção pode ser nos números, no sigilo, na música ou no som binaural. Mas manter o foco não é tarefa fácil, o cérebro está muito condicionado a pensar o tempo todo, então ele vai te atacar com pensamentos sempre que possível.

Não lute contra os pensamentos, apenas preste atenção neles, mas não os alimente, observe internamente até que eles desapareçam e volte a focar na respiração. O truque básico é sempre transmutar o foco: pensamento chegou, foque novamente nos números, na música ou na respiração até que os pensamentos “desistam”.

Tipos de meditação

Existem inúmeros tipos de meditação. Após você adquirir prática pode testar todas elas. O mais importante é a prática.

Budismo Kadampa

O objetivo é nos ensinar a fazer escolhas, transformando as mentes negativas em mentes positivas de amor, paz, compaixão e felicidade. Fique na posição flor de lótus em posição ereta e relaxada. Preste atenção na respiração, para diminuir o fluxo dos pensamentos. Em seguida visualize uma pessoa querida e sinta compaixão pelos seus sofrimentos. Assim, vocês sai um pouco do centro de si mesmo. É uma ótima ferramenta para diminuir nosso egocentrismo.

Meditação Transcendental

Originada na tradição védica, a meditação transcendental consiste em atingir níveis cada vez mais refinados da mente até chegar à fonte dos pensamentos. A base é muito simples, você senta em uma posição confortável e fica recitando um mantra. Caso não conheça nenhum mantra pode ver aqui os mantras mais comuns na wikipédia, ou buscar nos inúmeros mantras que existem no youtube.

Raja Ioga

A técnica entende que não podemos começar a meditação silenciando a mente, que está em plena agitação – isso seria o mesmo que frear um carro em alta velocidade. O primeiro passo é desapegar-se de tudo o que está em volta: barulhos, objetos, situações. Depois, é necessário escolher um pensamento positivo em que desejamos focar. Dessa forma, o fluxo da mente não é interrompido, apenas direcionado. Em seguida, experimente o pensamento escolhido e vivencie aquele sentimento. Com o tempo você será preenchidos por uma quietude interior.

Kundalini Ioga

Antes da prática de meditação, faça um exercício de aquecimento (funcional, polichinelo, qualquer um), posturas corporais estáticas e dinâmicas, depois mantenha-se alguns minutos em relaxamento profundo. Assim, a meditação ganha força e é fácil sentir cada parte do organismo pulsar. Para diminuir o fluxo de pensamentos e voltar a atenção para seu estado interior, entoe mantras ou faça exercícios de respiração (pranayamas).

Vipassana

Essa pode ser considerada a meditação mais “comum”, basta se sentar em posição de flor de lótus (preferencialmente sentado em uma almofada confortável) e então foque na sua respiração. Pode também concentrar na sua postura, nas sensações do corpo, em elementos naturais como a água ou o fogo e mesmo em estados mentais.

Zazen

No Zazen a posição tem grande importância. Você deve ficar de pernas cruzadas, coluna ereta, queixo encaixado, o corpo não pode se inclinar para nenhum dos lados, orelhas alinhadas com os ombros, o nariz, o umbigo. Esvazie os pulmões, eliminando qualquer tensão, e apoie as mãos quatro dedos abaixo do umbigo. A mão direita fica embaixo, com a palma voltada para cima, enquanto as costas dos dedos da mão esquerda repousam sobre os dedos da mão direita, sem avançar sobre a palma, com os dois polegares levemente encostados. A ponta da língua se mantém atrás dos dentes superiores da frente e os olhos ficam entreabertos, num ângulo de 45 graus com o chão. Feita a posição basta focar em mantê-la, ela vai causar dor e incômodo e o desafio é justamente não focar nesses incômodos, aceite a dor e continue firme.

Meditação Tântrica

No budismo tântrico, são trabalhadas as energias sutis do corpo e da mente, que transformam as emoções aflitivas em estados positivos da mente. Cada emoção aflitiva e também as doenças físicas estão associadas a um chacra específico. Quando purificamos esses centros energéticos, durante a meditação, ainda estamos cuidando de seus diversos sintomas. Seu objetivo é acumular energia positiva, ou méritos, para a evolução no caminho espiritual. O objetivo da prática é alcançar o potencial máximo de um ser humano. Basta sentar em posição de lótus e imaginar a energia universal purificando seus chacras. Depois se visualize como um ser sagrado, iluminado, completo, como um Buda.

Existem ainda outras diversas formas de meditação, leia mais sobre elas, procure outras formas de meditar. O importante é a prática diária.

Meditação + Esportes

Nem preciso dizer o quão importante é fazer exercícios físicos regularmente né? Se você está infectado pelo sedentarismo é hora de levantar a bunda da cadeira e fazer algum exercício, qualquer um, mesmo que apenas por 5 minutos por dia.

Existem duas formas de unir meditação ao esporte, a mais prática, para aqueles que estão começando, é meditar enquanto faz algum esporte. Você simplesmente está correndo na esteira e em vez de pensar em coisas aleatórias você foca exatamente no que está fazendo: correr na esteira. Foque em como está sua respiração, em como seu corpo está se movimentando, como está se sentindo, o calor corporal, se está na posição certa, etc. O importante é focar no que está fazendo no momento presente em vez de se deixar perder em devaneios.

Para aqueles que tem dificuldade de meditar e quer levar a sério, mas acaba ficando sonolento durante a prática, então passe a meditar logo após algum exercício físico, não importa qual, só é importante que o corpo tenha se ativado de alguma forma. Essa é uma técnica parecida com o Kundalini. O ideal seria a corrida matinal e depois a meditação, mas sabemos que nem todo mundo pode se dar ao luxo de fazer isso todos os dias, então escolha a forma que se encaixará melhor na sua rotina.

Não desista!

Um dos maiores problemas para qualquer mudança que queremos fazer em nossas vidas é que desistimos fácil de qualquer coisa que saia minimamente da nossa zona de conforto. Afinal já estamos acostumados com uma rotina específica e nosso cérebro é bem conservador, ele não gosta de mudanças, não gosta de surpresas, prefere se manter no conforto de seu comodismo mental.

Então é muito importante que você se motive, leia sobre o assunto e, principalmente, mantenha a prática diária. Depois de um tempo você vai se acostumar e não mais será um sacrifício, mas sim uma necessidade.

Bora meditar!

Agora você já tem todas as ferramentas necessárias para começar a meditar e a manter essa prática. Então pare de procrastinar e comece agora mesmo a sua prática diária de meditação e sinta no dia a dia o quanto a meditação pode melhorar sua vida e sua magia.