SOBRE TAÇAS E GRÃOS NA MAGIA

Nesse ritual trabalharemos com alguns elementos principais: a taça, o sal, os grãos, as moedas e folhas de louro.

A taça

A taça é um elemento muito comum na magia, geralmente representando o elemento água e o feminino. Em muitos casos, a taça também representa o útero e a gestação de uma energia, condição ou magia.

Enfim, muito importante, pois, para o povo cigano, a taça também representa a chuva que nos renova para que possamos lutar por um mundo melhor, purifica nossos corpos e nossas mentes.

Trabalhar com taças no seu ritual também é trazer a gestação de realização de sonhos e disposição de espírito para os realizar.

A taça também aparece em destaque nos casamentos ciganos. Os noivos bebem vinho em uma mesma taça, ela aqui aparece também como um elemento de união. Então, numa magia de prosperidade, a taça também é o elemento agregador das coisas. Que adianta uma prosperidade que chega e rapidamente se despede de você?

O sal

Para o povo cigano, além de um elemento de purificação para rituais, o sal representa algo indestrutível e que sempre se mantem puro. Então, o uso do sal purifica, protege e mantem vivo seu ritual por muito mais tempo.

Algumas correntes ciganas relacionam o sal aos antepassados, e já vimos em outra postagem minha que a fonte do poder da corrente cigana vem do próprio povo cigano, de seus antepassados. Então, usar o sal no ritual também é se conectar com a história do povo cigano.

Sal também já foi pagamento! A palavra “salário” tem o sal como sua raiz do latim, os romanos pagavam em sal o trabalho feito, pois o sal era conservante de produtos perecíveis. Quer conservar uma carne por mais tempo? Eles tacavam no sal. O frango para não estragar? Taca no sal!

Grãos

Grãos estão relacionados à fartura e comida na mesma. Assim como o sal, que garante a permanência da comida, os grãos representem efetivamente a comida que nunca faltará em nossa mesa. Veja a importância de grãos como o arroz e o feijão na alimentação brasileira, o milho para os povos latinos, etc.

Além disso, alguns grãos representam não só o alimento, por ter uma imensa egrégora ligada ao dinheiro.

Veja, por exemplo o grão do café! O café já foi ligado a vários ciclos econômicos importantíssimos em vários países do mundo. No Brasil, inclusive. Imagine a egrégora.

Sem contar seu efeito estimulante e energético, para que, como diria uma das maiores demonólogas brasileiras, Xuxa, em seu tratado sobre magia e pactos, Lua de Cristal, diz: “me dar toda coragem que puder e que não nos falte forças para lutar”.

A moeda

Mais fácil de explicar. Moeda é dinheiro, meu bem, cash, dimdim, bufunfa, money! Para os ciganos, a cara e a coroa tem a ver com a sorte, com a esperança de uma boa fortuna, da perfeição da matéria e do espírito.

O louro

O louro já desde a antiguidade representa o sucesso, a vitória, a celebração de um bom destino bem sucedido! Só se lembrar dos “louros da vitória”! Nas olimpíadas, qual era um dos prêmios? A Bruna Marquezine? Não! Uma coroa feita com folhas de louro!

****************

INGREDIENTES

Para esse ritual, vocês vão precisar de:

  • 01 taça bonita, lavadinhan preferencialmente translúcida
  • Sal grosso
  • 03, 05 ou 07 tipos de grão (se possível manter entre eles o milho, arroz e o café, os outros ficam a sua escolha – dá uma fuçada no armário ou na dispensa, possivelmente você já terá todos na sua casa).
  • Moedas douradas ou que tenham a cor de ouro em sua composição, lavadas e secas (10 centavos e um real no brasil)
  • Folhas de louro
  • 01 vela palito dourada ou prateada ou amarela ou laranja ou vermelha ou branca.
  • 01 pedaço de papel e lápis

****************

DO RITUAL – MODO DE FAZER

Primeiramente faça um banimento de sua escolha.

Depois do banimento, acender uma vela da cor que você escolheu.

Chame pelo povo cigano, se quiser chamar a Santa Sara que é padroeira dos ciganos também pode. Chame pelo poder desse povo. E pelo cigano e pela cigana que acompanham você.

Sim, pois todos temos pelo menos um cigano e uma cigana espiritual que nos acompanham. Sabiam disso? Todos temos os dois. Sabe quando falam no terreiro que uma cigana acompanha vocês? Sim! Todos temos! Pelo menos um homem e uma mulher.

Chame-os! Venha povo cigano! Venha meu cigano e cigana! Arriba! Vamos trabalhar, meus amigos! Eptcha!

Pegue a taça entre suas mãos. Energize-a imaginando que ela será esse espaço gestador da fortuna.

Comece colocando dentro da taça o sal misturado com uma folhinha de louro quebradinha. Será a base da taça.

Em cima, coloque, em camadas, cada um dos grãos da sua escolha, na ordem que preferir.

Por exemplo: uma camada de milho, depois uma camada de arroz, depois uma de café, depois uma de feijão, depois uma de lentilha, depois uma de amendoim, depois uma de grão de bico.

Na foto eu fiz com 3 grãos. Arroz, milho e café.

Em cada camada, você pode esconder uma moeda dourada. Pois é importante que nem todo mundo saiba o que temos de dinheiro, um pouco escondido nunca é demais. Por exemplo: na camada do café, coloco um pouco de café, moeda, tampo com mais café. E assim por diante.

A taça precisa ficar visualmente bonita aos seus olhos! No fim, vai acabar sendo um enfeite. Ninguém diz que é macumba. A maioria acha que é um enfeitinho ou um potinho com aromatizador de ambiente.

Terminada as sete camadas, você cobrirá essa taça até a boca com as moedas douradas restantes. Essas moedas protegerão o que está embaixo. Eu uso a de R$1 e as de R$0,10.

Por fim, use as folhas de louro para esconder essas moedas da boca, como na foto. Coloque em cima das moedas e enfie as folhas nas laterais da taça, meio que formando uma coroa. Assim sua taça está protegida dos olhares de todos.

Não é obrigatório (nada é na verdade) mas eu gosto de selar o topo da taça com a cera da vela que eu acendi. Meio que pra lacrar toda essa maravilhosidade e não deixar a magia se esvair.

Peça aos ciganos e ciganas que usem a energia dessa taça como essência para dar pra vocês a prosperidade desejada.

Terminada a taça, escreva no papel o seu nome e o nome de todo mundo que você deseja que tenha prosperidade com sua taça. Pode colocar seu nome, dos pais, irmãos, avós, melhores amigos, amigos, webnamorado, de quem desejar, que more perto ou longe de você, que você conheça pessoalmente ou não.

Dobre esse papel e deixe embaixo da taça em um local alto da sua preferência. E peça para que seus ciganos, os ciganos de quem tem o nome do papel e todos os ciganos desse mundo que tragam muita prosperidade para quem estiver o nome ali no papelzinho!

Fica um enfeitinho muito bonito, inclusive.

****************

DICA DO TITIO PI

Não importa o dia que você faz a taça. Mas tente reservar o último dia do ano para trocá-la.

Todo último dia do ano eu reservo meia hora para refazer a taça.

Pego a taça antiga, tiro os grãos e os louros e coloco-os na terra ou em vasinho. Pode plantar se desejar.

Pego as moedas e jogo na loteria.

Pego o sal e faço um banho!

Lavo bem a taça para ser reutilizada.

E refaço o ritual aqui descrito com novos grãos, novo louro, novas moedas. Com meus desejos de prosperidade para o ano seguinte.

É super legal, pois você fica aguardando os dias para chegar o fim do ano e refazer esse ritual delicioso! É meu ritual de passagem de todo ano, há uma década.

****************

Confira os Servos Astrais da área da prosperidade: Tévyah, Dindorar, Ronda, Starlight, Jerdehl, The Fortunate e Ugehtodai.